quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Confronto entre bandidos e Polícia termina com três mortos na cidade de Sobral

Uma operação  conjunta das polícias Civil e Militar, realizada no começo da noite de ontem (29), terminou com três pessoas mortas a tiros. O conflito ocorreu na periferia da cidade de Sobral, na Região Norte do Estado (a 224Km de Fortaleza). Segundo as autoridades, os homens mortos eram bandidos suspeitos de envolvimento na morte de um PM, crime ocorrido há duas semanas.
O tiroteio envolvendo policiais civis, PMs e os criminosos aconteceu nas ruas do bairro Alto Novo. Conforme o comandante do 3º BPM, tenente-coronel PM Francisco de Assis Azevedo, os policiais estavam à procura dos bandidos que haviam assassinado o sargento PM George Sousa e Silva, no último dia 15.
O militar estava trabalhando na Guarda da Casa do Albergado de Sobral, uma unidade do Sistema Penitenciário do Estado que realiza o pernoite dos detentos que cumprem regime semi-aberto. Um conflito entre alguns dos presos e os militares foi o bastante para que a morte do sargento fosse planejada. Baleado ao menos três vezes, ele morreu horas depois no hospital da cidade.
Tiroteio
Na noite de ontem, finalmente, as autoridades descobriram onde os assassinos estariam escondidos e iniciaram uma operação para prendê-los. No entanto, os agentes foram recebidos a tiros. “Houve revide e, infelizmente, três morreram. Nosso objetivo era prendê-los”, reafirmou o tenente-coronel Assis Azevedo.
Os nomes dos três homens mortos no tiroteio com a Polícia não foram, ainda, confirmados pelas autoridades. Sabe-se apenas que um deles Kelson Batista dos Santos e outro conhecido por Derson. O terceiro não teve o nome ou apelido revelado. Os corpos foram encaminhados ainda na noite de ontem ao Núcleo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), em Sobral.
Duas armas de fogo – um revólver e uma pistola – foram encontradas em poder dos suspeitos e acabaram recolhidas pelos peritos para exames. Os policiais que se envolveram no tiroteio prestaram declarações na Delegacia Regional de Polícia Civil de Sobral e foram liberados em seguida, retornando ao policiamento ostensivo da cidade.
Fonte: Ceará News 7