quarta-feira, 29 de junho de 2016

Assaltantes matam a tiros criança de um ano e seis meses de vida e ferem pai dela em Frecheirinha

Uma criança de apenas um ano e seis meses de vida tornou-se a mais recente vítima da onda de criminalidade que avança no Ceará. Na tarde da última segunda-feira (27), ela foi baleada junto com o pai durante um assalto na zona rural do Município de Frecheirinha, na zona Norte do Estado (a 291Km de Fortaleza), na Serra da Ibiapaba. O garoto morreu na hora e o pai continua hospitalizado em estado grave.
O crime ocorreu  na localidade de Sítio Roça Velha, onde o pai do pequeno Luiz David Sousa Ferreira é dono de um pequeno comércio. Era por volta de 17h30 quando bandidos armados, entre eles uma mulher, invadiram o local e exigiram dinheiro. O comerciante entregou o que tinha, mas mesmo assim, na hora da fuga em motocicletas, um dos ladrões atirou várias vezes, atingindo a criança e seu pai.
Até agora, a Polícia não conseguiu identificar os assaltantes nem saber onde eles se encontram. O clima naquela localidade é de revolta e muita tristeza. O corpo do pequeno Luiz David foi levado para a sede do Núcleo da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) da cidade de Sobral, onde passou por necropsia e foi liberado para sepultamento.
Terceiro caso
Em apenas  quatro dias, o crime em Frecheirinha foi o terceiro caso de latrocínio (roubo seguido de morte) no Interior do ceará. O primeiro aconteceu na manhã do último sábado (25), quando o aposentado Manuel dos Santos, 61 anos, foi assaltado e morto a tiros no Município de Irauçuba (a 156Km de Fortaleza).
O segundo latrocínio ocorreu por volta de 6 horas de domingo, no Distrito de peixe, Município de Russas (a 163Km da Capital), tendo como vítima o trabalhador rural João Eudes de Melo, que foi atacado por ladrões numa estrada de terra e morto a facadas e pauladas. Os criminosos roubaram a motocicleta e outros pertences da vítima.
Até agora, ninguém foi preso nos três casos de latrocínio.
Fonte: Ceará News 7