quinta-feira, 30 de junho de 2016

Após repercussão negativa, empresa Vega desiste de cobrar prejuízos após atropelamento de idosa

Após a repercussão negativa dos últimos dias, a empresa de ônibus Vega anunciou nesta quarta-feira (30) que desistiu da ação contra a família da aposentada Maria do Carmo Rocha Feijó, 65, atropelada no Terminal da Parangaba em março deste ano.
O víuvo da vítima, Francisco Feijó de Albuquerque, procurou o Ministério Público do Estado após receber a notificação de ação para pagamento de despesas dos prejuízos da empresa, inclusive pelos dias que o ônibus ficou parado. Imediatamente o caso foi encaminhado para a Defensoria Pública do Estado.
"A Vega vem a público esclarecer que reavaliou o caso e pediu a desistência do processo. Nós já encaminhamos à família uma defesa constando a reconvenção, em que a parte promovida deve pedir indenização pela morte da senhora Maria do Carmo e pelo dano moral do ajuizamento da ação que não respeitou, nem mesmo, o luto da família", explica a nota.
Fonte: Ceará News 7