sexta-feira, 29 de abril de 2016

Eunício garante presidência do Senado com ida de Romero para Ministério

As primeiras definições dos nomes para o primeiro escalão do eventual Governo Michel Temer eliminam conflitos no PMDB e garante ao cearense Eunício Oliveira a Presidência do Senado no biênio 2017/2018. O caminho de Eunício está sendo consolidado com a provável ida do atual presidente nacional do PMDB, Romero Jucá, para o Ministério do Planejamento.
Jucá manifestou interesse em concorrer ao cargo hoje ocupado pelo senador Renan Calheiros, o que abriria a primeira disputa de poder na era Temer. O cenário, porém, mudou e, com articulações internas, o vice-presidente Michel Temer, segundo reportagem desta sexta-feira da Agência Estadão, indicará Romero Jucá para o Ministério do Planejamento, deixando, assim, o terreno livre para o cearense Eunício Oliveira ser eleito, em janeiro de 2017, presidente do Senado. Com a maior bancada no Senado, o PMDB continuará com o comando da Casa.
A aliança com o PSDB, DEM, PR, PP e Solidariedade fortalecerá ainda mais a base de apoio ao Governo de transição que está sendo construído pelo vice-presidente Michel Temer. Com a chegada de Temer ao Palácio do Planalto, o senador Eunício Oliveira traça planos para ampliar alianças no Ceará e, em 2018, com o apoio do PSDB concorrer ao Governo do Estado.
Fonte: Ceará Agora