segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Tauá: Profetas populares discordam das previsões e dizem que vai chover em 2016 nos Inhamuns

Clique para Ampliar





O I Encontro dos Profetas Populares do Sertão dos Inhamuns realizado na manhã desta quarta-feira, 25, no Auditório do IFCE de Tauá foi considerado um sucesso devido a participação de mais de 20 profetas populares e dezenas de estudantes, técnicos e empresários tauaenses.

O encontro foi idealizado pelo Instituto Federal do Ceará-Campus de Tauá com o objetivo de promover a troca de experiências entre os agricultores que fazem suas previsões baseados em observações do comportamento de animais, insetos e da natureza.

Cada um dos profetas usou a palavra para anunciar seu prognóstico e todos discordaram das previsões que vem sendo anunciadas pelos meteorologistas indicando mais um ano de seca.

Quase todos disseram que as primeiras chuvas começarão a cair logo no mês de dezembro, mas outros afirmaram que vão esperar pela barra da lua cheia do início de janeiro, no entanto, alguns consideram que mesmo não sendo um grande inverno, haverá boas chuvas.

Profetas e suas previsões



Totonho Alves, da Vila de Bom Jesus, que faz suas previsões baseado no comportamento das formigas, afirmou que atualmente esses insetos não estão trabalhando para armazenar comida e sim jogando fora o que foi estocado durante o ano. Para ele isso é um indicativo muito forte de chuva no próximo ano.

O profeta Francisco Frutuoso, do Assentamento 1º de Setembro, distrito do Carrapateiras, também confia em boas chuvas para 2016. Ele disse que se a lua cheia de janeiro próximo vier com uma barra é sinal de bom inverno.

O agricultor Vicente Joana também utiliza a barra da lua cheia de janeiro para fazer suas previsões e diz que está animado. Ele disse que em janeiro desse ano a lua cheia de janeiro não teve barra.

O profeta popular Titico Baia, da cidade de Quixeramobim, também participou do encontro em Tauá e disse que com base nas observações feitas nos meses de setembro e outubro desse ano, o inverno não será grande. Na opinião dele vai chover pouco nos meses de janeiro e fevereio, mas a partir de março as precipitações serão mais frequentes.

Titico Baia disse que no dia 08 de setembro passado escutou o cururu cantar a noite e segundo a experiência dele, 90 dias depois começa a chover, nesse caso, seria no dia 08 de dezembro.
Avaliação



Ao final, o Diretor do IFCE Professor Alves Neto entregou certificados a cada um dos profetas participantes e disse que todas as previsões apresentadas ficaram registradas para serem conferidas após a estação chuvosa. Ele considerou o I encontro muito positivo e disse que o evento fará parte do calendário anual do município de Tauá.

Mais de 20 profetas populares de Tauá participaram do encontro promovido pelo IFCE.

Fonte Blog do Wilrismar Holanda