sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Pesquisa: Datafolha aponta que 45% dos deputados querem renúncia de Eduardo Cunha

Levantamento divulgado nesta sexta-feira (30) mostra que, entre 325 deputados, 45% defendem a renúncia do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Segundo a pesquisa Datafolha, para 25% dos parlamentares, Cunha deve ficar no cargo e 30% não se posicionaram.
O levantamento ouviu 63% dos deputados, entre os dias 19 e 28 de outubro, e revela ainda que o cuidado em relação ao tema fica evidente quando eles são confrontados com a hipóteses de ter de votar pela cassação de Cunha. Mais da metade (52%) não se posicionou nessa questão. Pouco mais de um terço (35%) disse que votaria a favor da cassação do pemedebista. 
IMPEACHMENT DE DILMA
O Datafolha também investigou as opiniões de deputados e senadores a respeito da possibilidade de um processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.
Os resultados sugerem que nem a oposição nem o governo teriam garantidos os votos necessários para decidir a abertura de um processo de afastamento da petista se a questão fosse levada ao plenário da Câmara.
Entre os deputados que aceitaram participar da consulta, 39% disseram que votarão a favor da abertura do processo se a questão for levada ao plenário da Câmara.
Outros 32% afirmaram que votarão contra. E 29% dos consultados não se posicionaram nessa questão. Preferiram não responder ou disseram que não tinham posição formada sobre o tema.