quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Funcionários dos Correios voltam ao trabalho

Sindicatos de servidores dos Correios decidiram encerrar a greve, iniciada há cerca de 15 dias. Segundo as federações da categoria, os servidores aceitaram proposta de acordo coletivo apresentada na sexta-feira (25), em audiência no Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Nesta terça, funcionários dos Correios no Amazonas, Maranhão, Pará, Rio Grande do Sul, em Sergipe, Mato Grosso, da Bahia e de Campinas (SP) decidiram retornar ao trabalho a partir desta terça-feira (29), informou o Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos. Os servidores da Região Metropolitana de São Paulo, de Bauru (SP) e do Tocantins também aceitaram a proposta, conforme a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores dos Correios. 

Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Santa Catarina, São José do Rio Preto e Vale do Paraíba (SP), Paraná realizaram assembleias e retornaram ao trabalho. Rio de Janeiro tem assembleia marcada para esta tarde. 

A proposta apresentada pelo TST prevê aumento linear dos salários em R$ 150 retroativo a agosto deste ano e em R$ 50 a partir de janeiro de 2016, a título de gratificação, com aumento incorporado ao salário base (50% em janeiro de 2016; 25% em agosto de 2016 e 25% em janeiro de 2017).