quinta-feira, 30 de julho de 2015

Jovem gay é assassinado com crueldade


Um jovem homossexual de 22 anos foi morto após ter o crânio esmagado na cidade de Prados, interior de Minas Gerais, no final da semana passada. Ele estava com as calças abaixadas até o joelho e apresentava sinais de tortura, indícios que levam a polícia a investigar se o crime foi motivado por homofobia.

Fábio Cunha Moreira foi visto pela última vez na noite de quinta-feira (23), por volta das 22h, em um bar da cidade. Na tarde do dia seguinte, seu corpo foi encontrado desfigurado no terreno onde fica uma antiga olaria. No local, vários tijolos estavam manchados pelo sangue da vítima.

Em nota, a Polícia Civil de Prados informou que prendeu um homem de 19 anos. O suspeito do assassinato prestou depoimento às autoridades e está detido na cadeia municipal. Na próxima segunda-feira (3), será feita uma reconstituição do assassinato no local do crime.

Segundo conhecidos da família, o suspeito do crime foi visto em um bar da cidade com a vítima.