sexta-feira, 31 de julho de 2015

Barbeiro tem cadeira apreendida pela Prefeitura de Cascavel


O barbeiro José Francisco dos Santos, de 68 anos, trabalhador há 30 anos no antigo mercado de Cascavel, teve sua cadeira funcional – o ponto nº 4 – retirada do local por fiscais da Prefeitura, como castigo por não ter pago as taxas cobradas pela administração “Fazendo Você Feliz”, no valor de R$ 35 mensais.

Sem a cadeira e sem poder trabalhar, ele acha que vai ser mais difícil ficar em dia com os pagamentos dos carnês mostrados na foto. José é pai de família, mora numa casa simples na vila Xexéu e tem os recibos de pagamentos em administrações anteriores, quando a taxa era de R$  4 reais.

“Eu não paguei porque não tive condição. O movimento no mercado é pouco e as despesas em casa aumentaram. Acho que os outros barbeiros também não pagaram, mas agora vieram com um novo carnê e disseram que só vão liberar a cadeira se pagar pelo menos a primeira prestação de R$ 35 reais. Não sei como vou fazer….” – diz o barbeiro, que continua indo ao mercado diariamente.


A Prefeitura de Cascavel não se pronunciou sobre o caso.


Fonte: Ceará News 7