terça-feira, 31 de março de 2015

Jovem executado em Juazeiro do Norte tinha se despedido dos amigos no Facebook

Fabricio
“Antes de eu morrer eu desejo a meus amigos um grande abraço! Muitas felicidades pra vocês”, escreveu o jovem Fabrício Batista, de 18 anos, em seu perfil no Facebook no dia 4 de março, 26 dias antes de falecer. Fabrício morreu no Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte, na última segunda-feira (30), quatro dias após ser baleado em um bar da cidade. 
O adolescente estava com colegas em um bar quando dois homens em uma moto se aproximaram e dispararam contra as costas e a perna dele. De acordo com o HRC, Fabrício já deu entrada na unidade de sáude, na quinta-feira (26), em estado gravíssimo, e acabou por falecer na última segunda (30), devido a complicações das perfurações à bala, que atingiram o baço e pâncreas do rapaz. 
Fabrício respondia por crimes de lesão corporal, tentativa de furto, ameaça e tráfico de drogas. De acordo com a Polícia, Fabrício havia sido apreendido pela primeira vez aos 15 anos, quando ameaçou a avó e a mãe.
Em fevereiro o rapaz escreveu: "Fui preso, mas já estou solto. A firma é grande". O jovem havia publicado, ainda, várias fotos e mensagens de apologia às drogas e ao crime em seu Facebook.