segunda-feira, 30 de março de 2015

Homem morre após roubar caminhonete de cooperativa e trocar tiros com a Polícia em Acaraú

Um grupo formado por 4 homens fez com que a Polícia Militar (PM) da Região Norte se mobilizasse para, em uma ação conjunta envolvendo o policiamento de 5 municípios, prender os envolvidos em um assalto a uma caminhonete da Cooperativa de Transporte de Turismo de Jijoca de Jericoacoara (Cooperjeri) na cidade de Acaraú, na noite do último domingo (29). Um dos suspeitos do crime morreu após trocar tiros com a Polícia.
O assalto aconteceu por volta das 19h, quando 3 dos 4 homens que ocupavam um veículo de modelo Parati, na cor verde, abordaram e roubaram a caminhonete de modelo Hilux. O veículo carregava um paredão de som avaliado em R$ 30 mil, segundo a PM.
Tão logo foi acionado, o comandante da área, major Paulino, mobilizou os destacamentos dos municípios de Aracaú, Jijoca de Jericoacoara, Bela Cruz, Marco e Morrinhos em uma operação para capturar o grupo de criminosos.
Por volta de 20h, o policiamento de Bela Cruz se deparou com um grupo de 4 homens dividido em duas motos, em uma estrada de terra batida na zona rural de Marco. Ao solicitar a parada dos motociclistas, os policiais foram surpreendidos com um disparo. Ao revidar, a PM feriu o jovem Francisco Tiago Costa, de 18 anos, que foi encaminhado ao hospital com um ferimento no pé. 
Outro jovem, identificado como Francisco Edilardo Silva, 18, foi detido. Com os envolvidos foi encontrado um revólver Taurus calibre 32, com uma munição deflagrada. Os jovens confessaram o roubo das motocicletas que utilizavam, informou a PM. Os outros dois homens conseguiram fugir.
Segunda abordagem
Apesar da primeira ação, o cerco policial permaneceu na região, e, às 3h, os outros dois suspeitos do assalto foram encontrados. Ao chegar ao esconderijo do grupo, na localidade do Triângulo do Marco, a PM foi recebida a tiros. Um suspeito, identificado como apenas por "Maik Dutra" foi atingido com um tiro. O homem chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.
Um outro envolvido, apelidado de "Sirlo", conseguir fugir. No esconderijo foi encontrado umrevólver calibre 22, o veículo roubado, bem como o paredão, que já se encontrava desmontado na carroceria de um caminhão.