quarta-feira, 30 de abril de 2014

Escolhido pela CBF, Tite substituirá Felipão após o Mundial

Recusando diversas propostas para treinar clubes e seleções, do Brasil e do exterior, desde que deixou o Corinthians, no final do ano passado, Tite é o escolhido da CBF para comandar a Seleção Brasileira após a Copa do Mundo, independente do resultado obtido por Felipão, segundo publicação do "Extra". O assunto é mantido em sigilo, mas a insistência do treinador em recusar convites é a certeza de que seu futuro já esteja definido.

A única certeza que se pode dizer, segundo o empresário de Tite, Gilmar Veloz, é que o ex-comandante do Timão só volta a trabalhar depois da Copa.

"O Tite é o melhor técnico do Brasil e isso é provado pelo que ele conquistou e pelos convites que recebe. Já houve propostas de seleções e de clubes de fora. Mas ele decidiu que só voltará a trabalhar após a Copa do Mundo", afirmou.

Desde que saiu do clube paulista, Tite vem aproveitando seu tempo para aprimorar seus conhecimentos e conhecer novos métodos de trabalho. Ele já visitou diversos clubes europeus e nos próximos dias viaja para os Estados Unidos para estudar inglês. O treinador ainda irá para Lisboa, no dia 24 de maio, para assistir a final da Champions League.