domingo, 30 de março de 2014

PT opta por manter aliança com Pros e coloca Guimarães como pré-candidato ao Senado

O encontro estadual de tática eleitoral do Partido dos Trabalhadores (PT) reafirmou qual rumo pretende tomar a sigla nas eleições de 2014 no Ceará. Segundo o vice-presidente nacional do partido, deputado José Guimarães, os petistas definiram neste sábado (29) que a aliança com o Partido Republicano da Ordem Social (Pros) será mantida.
Conforme o deputado, o encontro deste sábado, que aconteceu no Romanos Hotéis, em Messejana, foi um dos maiores da história do partido no Estado, que contou com cerca de 400 delegados. A reunião, que terminou por volta das 16h, definiu três pontos primordiais, segundo Guimarães.
"Primeiro, aprovamos a manutenção da aliança entre PT, Pros e PMDB no Estado. Após isso, confirmamos que daremos prioridade à reeleição da presidente Dilma. Por fim, colocamos meu nome como pré-candidato ao Senado", disse o deputado. "É importante ressaltar que a aliança foi preservada com mais de 80% de aprovação dos presentes do encontro", ressaltou. 
Mesmo a pressão da ala ligada à ex-prefeita Luizianne Lins por uma candidatura própria ao Governo, o PT focará seus esforços em garantir uma disputa ao Senado Federal, afirmou Guimarães. Segundo o deputado, a possível renúncia de Cid Gomes para que seu irmão Ciro se candidate ao Senado não passa de uma "especulação".
"Não precisamos nos precipitar. Essa questão ainda é só uma especulação. Vamos aguardar um posicionamento oficial do governador Cid Gomes para tomarmos alguma posição. O PT apresentou um caminho e agora vamos dialogar", concluiu o deputado.