segunda-feira, 31 de março de 2014

14 mais nojentas sobre o corpo humano

Você sabia que a medula espinhal tem exatamente a mesma textura que uma salsicha Viena e o tecido humano, quando preservado, se parece com carne de porco? Já o pó de ossos tem cheiro de Doritos sabor Ranch.
Conhecer seu próprio corpo nunca é demais, mas às vezes é preciso ter estômago forte para "olhar pra dentro" desta maneira. Uma das verdades mais inconvenientes é o fato de carregamos cocô e xixi conosco por aí toda hora, por exemplo. Não pensamos nisso até irmos ao banheiro, no entanto todas as pessoas carregam algo dentro de si o tempo todo.
O organismo pode ser resistente a uma infinidade de doenças e acidentes, porém um mísero pêlo encravado é suficiente pra romper sua hipoderme (a camada mais interna dentre as três camadas da pele), e causar o envenenamento do sangue. Quando a pessoa não percebe e não cuida da inflamação, o que geralmente acontece, a gangrena leva à amputação dos membros!
Pensando nas coisas mais nojentas sobre o corpo humano, um grupo de discussão de mais de 200 pessoas da comunidade virtual Reddit se juntou para listar as mais
asquerosas. Confira as 14 mais interessantes que a gente encontrou!
1. Haja coração
Depois de dar à luz, as mulheres são avisadas pelo médico que não há necessidade de se preocupar com os coágulos de sangue que saem da vagina até que eles fiquem maiores que um limão.

2. Elas comem a gente
Você tem um relacionamento simbiótico amigável com as bactérias que vivem no seu intestino: elas mantém seu organismo saudável e te ajudam a digerir a comida. Quando você morrer, estas mesmas bactérias irão comer você.

3. Estômago modesto
Quando você fica vermelho de vergonha, o revestimento do seu estômago também fica.

4. Ejaculação retrógrada?
O cara tem a sensação completa do orgasmo, mas não sai nada. Isso porque o semen vai para a begixa, e a próxima vez que ele for ao banheiro, a urina sairá esbranquiçada ou espumosa. Geralmente é o efeito colateral de algumas medicações.

5. Sério?
Se alguém nasce com a incapacidade de quebrar um único aminoácido (a fenilalanina), irá se tornar mentalmente retardado quando envelhecer, se continuar
comendo alimentos que contenha a substância.

6. Estamos morrendo
Trezentos milhões de células suas morrem a cada minuto.

7. Peixe-manteiga
Comer mais de 120 gramas de algum peixe da família Stromateidae (também conhecido como peixe-manteiga), você vai lhe dar uma diarréia alaranjada e oleosa. A diarréia é tão líquida que se parece com a passagem do gás quando sai, então você corre o risco de se confundir e acontecer um imprevisto. Alguns países já proibiram a venda desse tipo de peixe.

8. Gravidade cruel
O útero de uma mulher pode literalmente despencar de sua vagina se os músculos estiverem muito fracos.

9. Eternos companheiros
Se você conseguisse amassar todas as bactérias que vivem do lado de fora do seu corpo, elas ocupariam o mesmo espaço que uma ervilha.

10. Perdendo peso
Os seres humanos perdem, em média, 18 quilos de pele em suas vidas.

11. Corpos estranhos
Se o seu sistema imunológico entra em contato com os olhos, ele irá reconhecê-los como corpos estranhos e irá atacá-los.

12. Consciência limpa
Quando os homens precisam fazer aquela forcinha básica para o número 2 sair, a pressão sobre a próstata é tão grande que pode acabar numa ereção. Além disso, somos os únicos animais que limpam o traseiro, pois nenhum outro o faz. Será que o fazemos apenas para ficar com a consciência limpa?

13. Já fomos peixes um dia
Seu corpo tem um plano B caso você acabe descendo mais de 7 metros debaixo d'água: ele contrai os vasos sanguíneos nas extremidades do seu corpo, mas não imediatamente em volta dos órgãos essenciais, permitindo que seu coração ainda continue batendo. Você não apenas sobrevive como ainda se mantém esperto e alerta no caso de uma descida muito profunda . Enquanto está lá embaixo, você sofre uma sensação de calma incrível que evita qualquer agitação desnecessária que vá consumir muito oxigênio.

14. É bom desconfiar
Atenção! Na parte inferior do seu ânus há uma glândula que te avisa se o que está prestes a sair é gasoso ou sólido. Como visto no item 7, às vezes ela falha.