domingo, 29 de setembro de 2013

Comandante do 13º BPM confirma prisões de envolvidos com o assalto ao Bradesco de Catarina

O Comandante do 13º Batalhão de Polícia Militar de Tauá, Cel. Giovanni Guedes fez um balanço da caçada aos assaltantes do Posto Bancário do Bradesco da cidade de Catarina, ocorrido no início da tarde desta sexta-feira, 27.

Ele disse ao Blog do Wilrismar no final da tarde deste sábado, 28, que dois homens foram presos pela manhã durante um cerco realizado pela Polícia Militar com o uso do helicóptero. “Eles estavam dando fuga aos assaltantes mais não tiveram participação direta na ação”, informou o Coronel, acrescentando que a dupla foi conduzida à Delegacia de Mombaça onde confessou ter recebido dinheiro para darem fuga aos assaltantes. “Os assaltantes que estavam sendo levados na garupa das motos conseguiram escapar, mas já temos alguns nomes”, afirmou.

“Até agora foram apreendidas 5 motos e uma escopeta, mas a caçada continua”, disse o Comandante do 13º BPM que está acompanhando as diligências. O Cel. Giovanni não quis fornecer a identidade dos homens presos para não atrapalhar as investigações.

A Polícia Militar trabalha com a hipótese dos assaltantes serem da região de Mombaça. O “modus operandis” do assalto leva a Polícia a concluir que a ação não foi bem planejada porque os assaltantes utilizaram motos roubadas no dia anterior na zona rural de Mombaça.

O Coronel Giovanni disse que o cerco ainda está montado na Serra do Umari, Distrito de Marruás e na região de Morada Nova, em Mombaça. 6 viaturas, aproximadamente 30 policiais com o apoio do helicóptero do Ciopaer e COTAR ainda encontram-se naquela região.

A PM ainda não foi informada da quantia levada pelo bando.

Fonte: Blog do Wilrismar