segunda-feira, 29 de julho de 2013

Principal nome da seleção do Equador morre aos 27 anos

Morreu nesta segunda-feira (29 de julho) o atacante equatoriano Christian Benítez, principal nome da seleção que busca uma vaga na Copa do Mundo de 2014. “Chuchu”, como era conhecido, sofreu uma parada cardiorrespiratória, segundo seus familiares. Ele havia sido encaminhado ao hospital por conta de fortes dores no estômago.
Por três anos consecutivos, Benítez foi artilheiro do Campeonato Mexicano com a camisa do América-MEX. Nesta temporada, “Chuchu” teve sua boa fase recompensada com a transferência para o El Jaish, do Qatar, por 11,7 milhões de euros (quase R$ 35 milhões).
Pela seleção do Equador, Benítez disputou a Copa do Mundo de 2006, onde aparecia como uma das promessas do futebol nacional. As expectativas se confirmaram e “Chuchu” balançou as redes quatro vezes nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, onde o Equador ocupa a terceira colocação e está próximo de conquistar a vaga.
Aos 27 anos, Benítez já havia marcado 24 gols pelo Equador e estava apenas sete de se tornar o maior artilheiro da história da seleção. Com a morte de “Chuchu”, Agustín Delgado continua como o equatoriano que mais balançou as redes pela equipe nacional.