quarta-feira, 31 de julho de 2013

Mergulhador encontra tubarão de dois metros amarrado e esfaqueado no fundo do mar

Um mergulhador se surpreendeu ao dar de cara com um tubarão com cerca de dois metros e 120 quilos, amarrado no fundo do mar da Austrália, e esfaqueado no peito. Em entrevista ao site Courier Mail, Robb Westerdyk disse que nunca havia se deparado com uma cena desse tipo, tão “bárbara”.

O australiano mergulha há 40 anos, e estava nadando com alguns amigos depois de explorar um naufrágio ali perto, no estado de New South Wales.

- No final do nosso mergulho, nos deparamos com essa cena de barbárie, um tubarão-mako de dois metros amarrado pela barbatana. Isso deve ter sido feito por algum pescador que não deveria estar por ali, já que a área é de preservação ambiental - disse o australiano.

Westerdyk trabalha em construção civil e faz fotos subaquáticas de maneira amadora. Ele registrou a cena e cortou a corda que amarrava o tubarão. O animal afundou em seguida.

O australiano acredita que o tubarão já estava morto há alguns dias. Isso porque poucas pessoas mergulham no local - uma reserva ambiental na cidade de Adelaide - durante a semana. O grupo em que ele estava foi o primeiro a ver o animal naquela situação, no sábado.

Robb Westerdyk não sabe quem fez aquilo, nem o porquê. Ele imagina que pode ter sido um pescador fazendo piada com outros pescadores, ou tentando assustar mergulhadores.

- Mas em 40 anos de mergulho, nunca vi nada assim - repetiu. - É um ato sem sentido, tirar a vida do animal assim, sem qualquer propósito.