quinta-feira, 27 de junho de 2013

Prefeitura de Juazeiro do Norte desiste de reduzir salário de docentes

O prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo, voltou atras e não vai mais reduzir a gratificação dos professores municipais. A decisão foi tomada após uma reunião entre representantes municipais com representações do Ministério Público Estadual (MP-CE) e do sindicato dos educadores, as ainda há pontos de negociação em aberto.
A redução de até 40% nas gratificações, prevista em projeto de lei do executivo, foi aprovada no último dia 7 pela Câmara de Vereadores e sancionada pelo prefeito, mas gerou descontentamento dos professores que decidiram, em assembleia geral, entrar em greve por tempo indeterminado no dia 12.
Com o recuo do prefeito de Juazeiro do Norte, além da manutenção da gratificação, outras reivindicações dos professores devem ser inseridas conforme o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR).
A proposta debatida durante a reunião será apresentada na noite de quinta-feira (27) em assembleia geral com os professores. Com as definições feitas, o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) será encaminhado para  novo encontro com o MP-CE na sexta-feira (28). Até lá, a greve está mantida.
“Na reunião de terça-feira (25), chegamos a uma redação de consenso entre município e professores. Estou muito otimista porque houve avanço nas propostas”, destacou a promotora pública que participou da Reunião, Alessandra Magda.