quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Felipão é apresentado como novo técnico da seleção brasileira


Campeão da Copa do Mundo em 2002 com a formação da "Família Scolari", Felipão assumiu oficialmente o comando da Seleção nesta quinta-feira e afirmou que a conquista do título em casa, em 2014, é obrigação para o Brasil.
- Se o jogador entrar sem pressão nenhuma, pensando que o objetivo é jogar a Copa, não pode ser assim. Fui jogador do interior. Eu era bom. O pessoal dizia que não, mas eu era bom. E tem pressão. Eles têm que saber. Nossos jogadores sabem que seria um dos títulos mais importantes que o Brasil já conquistou. Tem que trabalhar bem esse aspecto. Se não tiver pressão, vai trabalhar no Banco do Brasil, senta no escritório e não faz nada - disse o novo treinador.
Após ser apresentado pelo presidente da CBF, José Maria Marin, como substituto de Mano Menezes, Felipão evitou falar sobre a construção de uma nova "Família Scolari" na busca pelo hexa.
- Não vou falar em "Família Scolari", mas em um ambiente de união para que a gente chegue à Copa confiantes e que todos tenham participação e sejam importantes para a Seleção - afirmou.