quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Iguatu tem 102.013 habitantes, diz nova estimativa do IBGE



Uma nova estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada na manhã desta terça-feira,30, indica que a população de Iguatu é de 102.013 habitantes. O número é pouco maior do que o apontado na pesquisa do ano passado, que era de 101.386 pessoas.

Iguatu é a nona cidade mais populosa do Ceará e ficando atrás apenas de Fortaleza com 2.609.716; Caucaia com 358.164; Juazeiro do Norte com 268.248; Maracanaú com 223.188; Sobral com 203.682; Maranguape com 125.058;  Itapipoca com 126.234 e Crato com 129.662.

Iguatuense morre em acidente CE 375 entre Quixelô/Solonópole

Um acidente de trânsito entre as cidades de Quixelô e Solonópole teve como vítima fatal um iguatuense, Francisco Giliarde Ferreira, o mesmo seguia viagem com um ajudante em um veículo no sentido de Solonópole, quando nas proximidades do Sítio Calabaço/Acopiara, um outro carro invadiu a sua faixa, e na tentativa de desviar, o iguatuense veio a capotar o veículo.

A informação foi repassada Sargento George, do destacamento de Quixelô, “ quem passou todos os detalhes foi o ajudante da vítima, esse rapaz sofreu apenas algumas escoriações e passa bem, mas o Giliarde veio a falecer quando dava entrada no Hospital de Quixelô, ele foi socorrido por populares”, disse o militar.

O veículo responsável pelo acidente fugiu do local, “ segundo o ajudante da vítima, era possivelmente um Celta preto, mas não parou para socorrer as vítimas e não foi identificado até o momento”, afirmou o Sargento da PM. Muitas homenagens estão sendo realizadas nas redes sociais para a vítima, que pertencia ao grupo do ECC de Iguatu.

Fonte Iguatu.Net

Oito suspeitos morrem em troca de tiros com a polícia em Delmiro, AL

Oito suspeitos de vários crimes morreram na manhã desta terça-feira (30) durante uma troca de tiros com a polícia no município de Delmiro Gouveia, no Sertão alagoano. A informação foi confirmada pelo delegado regional Rodrigo Cavalcanti.

O caso aconteceu na Rua João Batista Filho, bairro Campo Grande. De acordo com o delegado, após a denúncia de que o grupo estava em uma casa naquela rua, cerca de 40 policiais civis e militares montaram uma operação para prendê-los em flagrante.

Houve troca de tiros na chegada dos policiais e os suspeitos foram baleados. Alguns chegaram a ser socorridos para o hospital do município, mas não resistiram.

“Estávamos investigando essa quadrilha há algum tempo e hoje (terça-feira) conseguimos a localização, mas quando a equipe chegou foi recebida com tiros”, contou Cavalcanti.

A identidade dos mortos ainda não foi divulgada. "O grupo é suspeito de assaltos, homicídios e outros casos como tráfico de drogas", falou o delegado, que informou que um policial foi ferido de raspão.

Dentro da casa onde estava o grupo a polícia apreendeu armas, um colete à prova de balas e drogas.

Fonte: G1 AL

Polícia Federal vai investigar ameaça de morte recebida por Aécio

A Polícia Federal informou nesta terça-feira (30) que irá abrir um inquérito para investigar ameaça de morte recebida, por e-mail, pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG) no momento em que ele dava início aos seus questionamentos à presidente afastada Dilma Rousseff na sessão de segunda-feira (29) do processo de impeachment no Senado.

A mensagem anônima foi enviada ao endereço eletrônico funcional do parlamentar às 14h14. No e-mail, intitulado “Aviso”, Aécio é chamado de “canalha asqueroso”.

O remetente exige que o tucano renuncie ao seu mandato ou irá "matar você e toda a sua família". Em anexo, há uma fotografia do cadáver de um jovem assassinado e coberto de sangue.

Mensagens idênticas foram enviadas a outros parlamentares que atuaram ativamente no processo de impeachment de Dilma, entre eles o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), relator na comissão especial e autor do parecer que defende o afastamento definitivo da petista.

Outro destinatário de e-mail semelhante, o líder do PSDB na Câmara, deputado Antonio Imbassahy (BA), disse que o episódio não o preocupa. “É molecagem”, afirmou.

O senador Eunício Oliveira (CE), líder do PMDB no Senado, contou que também recebeu o e-mail de ameaça enviado aos colegas tucanos. Na tarde desta terça, ele revelou ao G1 ter sido alvo de outra ameaça, desta vez, pelo celular, dizendo que seus filhos iriam sofrer “vingança”.

Segundo ele, a segurança do Senado foi comunicada sobre o fato. "Não posso dizer que seja molecagem. Não sou assustado. Porém, não é bom receber isso", ponderou o peemedebista.

Aa assessoria de imprensa da PF informou que, por ora, a instituição foi notificada apenas da situação envolvendo o senador Aécio Neves e que os fatos já estão sendo apurados.

Fonte: G1

Gravidez de adolescente pode ter sido a causa do seu assassinato em Barro pelo esposo

A história de Cícero Juarez da Cruz, de 40 anos, que sua mulher sempre reclamava de dores de cabeça, dava ataques e a encontrou agonizando no quarto caiu por terra. O exame cadavérico feito na Perícia Forense de Juazeiro do Norte revelou que Silvana Leal, de 17 anos, foi morta por asfixia. Ela estava grávida de seis meses e, na noite do último dia 13 de agosto, já deu entrada no hospital de Barro sem vida. Seu companheiro disse ao médico de plantão que, após os gritos da esposa, foi ao quarto onde a mesma se batia no solo.

O médico estranhou as informações e uma mancha vermelha no pescoço quando sugeriu à polícia que acionasse a PEFOCE, a fim de levar o corpo para necropsia no antigo Instituto Médico Legal (IML). A garota era de Papanduva (SC) e estava no Sítio Poço Cercado na zona rural de Barro, onde veio conhecer os familiares do esposo com quem vivia há um ano. A Delegada de Polícia Civil de Aurora, Ana Ursulina Rodrigues, ouviu depoimentos de parentes de Cícero e percebeu contradições em relação ao dele.

De imediato e já com o resultado do exame em mãos, ela pediu a preventiva do companheiro de Silvana no que foi atendida pela justiça e o acusado terminou preso em sua casa. “Não me resta dúvida de que foi ele quem matou Silvana”, declarou a autoridade que preside o Inquérito Policial. A Delegada disse ainda acreditar que o crime esteja ligado à gravidez da adolescente. “Ele deverá ser indiciado por Feminicídio, com o agravante da vítima estar grávida”, acrescentou.

Antes de tomar o depoimento de Cícero Juarez, ela disse que o mesmo não seria preso e o acusado chegou a ligar para a empresa na qual trabalhava em Papanduva, dizendo que voltaria logo. O mesmo continua negando ter matado a sua companheira e a delegada pretende ainda ouvir familiares da adolescente que residem em Santa Catarina. Cícero estava de férias e veio rever parentes no Cariri de onde começou a fazer ligações para a família dela dizendo que a mesma estava bastante doente e com fortes dores na cabeça.

A garota chegou sem vida ao hospital às 19 horas e, de acordo com familiares dela, Cícero ligou às 23 horas para Papanduva informando que se encontrava com Silvana no hospital já que o estado de saúde tinha piorado. Além disso, alertou para se prepararem, pois a mesma teria pouco tempo de vida. Às duas horas da madrugada de domingo tornou a ligar comunicando o falecimento da companheira. Noutro contato com a família de Silvana disse que iria sepultá-la no Ceará já que o traslado seria muito caro.

Além disso, o médico tinha sugerido para acelerar o sepultamento. Após isso, Cícero não manteve mais contato com a família dela. Desconfiados, eles discordaram do enterro no Ceará e parentes vieram providenciar o traslado para Papanduva, onde a mesma foi sepultada. No dia do fato, irmãos de Silvana ligaram para a polícia de Barro e souberam que Cícero havia registrado um Boletim de Ocorrência informando sobre a morte da garota. Souberam ainda que o corpo apresentava uma marca no pescoço vista pelo médico.

Foi um advogado contratado por Cícero quem entregou os documentos de Silvana na funerária de Barro. Segundo João Paulo Leal, irmão da adolescente, a mãe sabia da gravidez, mas não imaginava que Silvana já estava no sexto mês de gestação. “Minha mãe não entende porque ela escondeu o tempo de gravidez e cobrava que começasse o pré-natal, mas ele falou que a esposa faria os exames no Ceará porque queria acompanhar de perto”, relatou o irmão da vítima.

Para a família da vítima, Cícero nunca aparentou ser uma pessoa violenta e a idéia é confirmada pelos colegas de trabalho dele. Porém em Barro, as opiniões são diversas e alguns que optaram pelo anonimato comentaram que ele é um homem perigoso. Todavia, outros relataram estarem surpresos, pois parecia ser muito tranquilo. Por enquanto não está descartada a possibilidade de outras pessoas estarem envolvidas no crime e alguns que estiveram com Cícero após a morte de Silvana disseram que o mesmo aparentava tristeza.

Criminoso da lista dos mais procurados do Ceará é executado

Um duplo homicídio foi registrado, na manhã de ontem, na fazenda Chico Timóteo, nas proximidades do Distrito de Uiraponga, que fica na divisa dos Municípios de São João do Jaguaribe e Morada Nova. De acordo com a Polícia, os corpos estão irreconhecíveis, mas existe a suspeita que uma das vítimas seja João André Guerreiro Lima, o ´Pajé´ , apontado como autor de dezenas de homicídios, roubos e que constava na lista dos criminosos mais procurados do Estado.

Segundo informações do 9ºBPM, um familiar de João André teria ido ao Destacamento da PM de São João do Jaguaribe e informado sobre as mortes. A Polícia foi até o local e encontrou os dois corpos. Ainda não há suspeitas de quem seja a segunda vítima. "Eles foram alvejados por tiros de espingarda calibre 12 no rosto. Não tem como saber quem é sem exames, porque as faces ficaram totalmente destruídas. Oficialmente não temos como dizer que é o ´Pajé´, mas os familiares dele dizem que sim", explicou o militar, que preferiu não se identificar.

Histórico

O histórico de crimes de João André Guerreiro é extenso e inclui atos graves cometidos com crueldade. Além disto, ele era foragido da Justiça desde março de 2015, quando conseguiu escapar da Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima (antiga CPPL I), em condições misteriosas. Na oportunidade escaparam ´Pajé´; Vicente Antônio de Freitas, o ´Peru´; e José Gualberto Teixeira do Nascimento, sem que fosse explicado como ou o dia em que conseguiram sair da penitenciária.

Segundo a PM, a vítima comandava uma quadrilha que articulava roubos de carga, ataques a banco e cometia homicídios nas cidades de Tabuleiro do Norte, Limoeiro do Norte, Morada Nova, Alto Santo e São João do Jaguaribe.

Fonte: Diário do Nordeste

Justiça nega liberdade a irmão de líder do PCC

O irmão de Marcos Willians Herbas Camacho, o ´Marcola´, líder da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), que havia sido preso pela Polícia Federal (PF), em março deste ano, no bairro Sapiranga, em Fortaleza, teve o pedido de liberdade negado pela 2º Vara Federal de Araçatuba, em São Paulo. Alejandro Juvenal Herbas Camacho Júnior ficou detido na capital cearense e foi transferido para o Presídio de Segurança Máxima de Presidente Venceslau (a 620Km a oeste de São Paulo), em abril.

Alejandro foi capturado no dia 29 de março deste ano no bairro Sapiranga, onde morava com a família, durante ´Operação Quinta Roda´, comandada pelo Núcleo da PF, em Araçatuba, São Paulo. Os federais cumpriram 28 mandados de busca e apreensão e 36 mandados de prisão em São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Ceará.

A ação teve como objetivo desmantelar uma organização criminosa responsável por adquirir drogas no exterior e introduzir no Brasil. O irmão de ´Marcola´ era apontado nas investigações como responsável pelas negociações com traficantes internacionais de entorpecentes no Paraguai e Bolívia.

A defesa de Alejandro ingressou com pedido de liberdade junto ao Juízo da 2ª Vara Federal de Araçatuba alegando que não existem indícios de que o irmão do número 1 do PCC no Brasil tenha praticados atos ilícitos. Os advogados sustentaram ainda não ter sido comprovado que Alejandro seja a pessoa que aparece em conversas gravadas nas interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça.

Outra alegação de Alejandro Juvenal Herbas Camacho Júnior para conseguir a liberdade provisória é que, "apesar de ser irmão de criação de suposto líder da facção criminosa PCC, tal fato não o implica necessariamente como membro do grupo, não tendo sido denunciado, tampouco investigado, em apuração anterior sobre os atos da organização supra". Defenderam ainda que Alejandro possui residência fixa, família constituída e promessa de trabalho lícito.

Com esses argumentos, a defesa solicitou a revogação da prisão do réu ou aplicação de medidas cautelares. O Ministério Público Federal (MPF) emitiu parecer contrário à soltura.

Ao analisar o caso, o Juízo da 2ª Vara da Justiça Federal negou o pedido ao afirmar não existir nenhum alteração da situação anterior que culminou com a decretação da prisão do réu. Na decisão, publicada no último dia 16, o magistrado ressaltou a existem de indícios do envolvimento de Alejandro com outros membros do grupo criminoso, segundo relatório do inquérito concluído pela Polícia Federal.

Vida tranquila

Antes de ser capturado na capital cearense acusado de comandar um esquema internacional de tráfico de drogas, Alejandro Herbas vivia sem levantar suspeitas, em uma casa de luxo no bairro Sapiranga.

Fonte: Diário do Nordeste

Fortaleza segue como a 5ª cidade mais populosa do Brasil, diz IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou nesta terça-feira (30), no "Diário Oficial da União", a estimativa da população brasileira, que aponta crescimento em Fortaleza em 100 mil habitantes desde 2014.
De acordo com o IBGE, a estimativa da população na capital cearense é de 2.609.716, o que torna Fortaleza a 5ª capital mais populosa do país.
No Ceará, a estimativa é de 8.963.663 pessoas habitando o estado. O IBGE alerta que a alteração de limites entre municípios entre Ceará e o Piauí, onde havia áreas de litígio, alterou em 769 pessoas a mais no Ceará desde 2013.
Em todo o Brasil são 206.081.432 habitantes. Em agosto de 2015, o mesmo levantamento estimou a população, à época, em 204.450.649.
O estado de São Paulo é o mais populoso, com 44.749.699. O estado com a menor população é Roraima, que tem 514.229 habitantes.

Queda de energia atinge Fortaleza e alguns municípios do interior do CE

Uma queda de energia atingiu alguns bairros de Fortaleza, municípios da Região Metropolitana e outras cidades do interior do Ceará no início da tarde desta terça-feira (30). Nos bairros de Montese e Parangaba, os semáforos ficaram desligados por cerca de 30 minutos, ocasionando problemas no trânsito. Municípios da Região Norte, Cariri e Sertão Central também foram atingidos pela queda no fornecimento de energia elétrica.
De acordo com a companhia Energética do Ceará (Coelce), uma falha no Sistema Interligado Nacional causou a interrupção do fornecimento de energia de parte do estado do Ceará nesta tarde. A companhia informa que a ocorrência durou cerca de 31 minutos e foi normalizada totalmente as 13h20. As causas estão sendo apuradas pelo Operador Nacional do Sistema (ONS).
A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) informou que 10 semáforos foram afetados durante o apagão em bairros de Fortaleza. Os equipamentos foram consertados, mas um semáforo localizado na Avenida Sen. Fernandes Távora segue com problema.
O órgão ressaltou que agentes do Via Livre da Prefeitura de Fortaleza estão orientando o trânsito no local.

Histórico de apagão
Em 27 de novembro do ano passado, o fornecimento de energiu sofreu quedas em bairros de Fortaleza, Região Metropolitana e de municípios da região Norte do Ceará.   Segundo Coelce, o problema ocorreu por conta de uma falha numa subestação da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf). Em nota, a Coelce esclareceu que "a Chesf é responsável por transmitir a energia entregue a seus clientes".

Ainda de acordo com a Coelce, por volta de 22h40, o fornecimento de energia elétrica havia sido normalizado para parte dos clientes. A Coelce informou também que uma nova falha na rede da Chesf fez com que o serviço ainda não tivesse sido restabelecido em algumas localidades. As quedas de energia afetaram o funcionamento de semáforos da capital e deixaram a região do aeroporto de Fortaleza sem energia.
Fonte: G1

Senado vota hoje afastamento definitivo de Dilma Rousseff

Ao fim dos sete dias de julgamento, com cerca de 70 horas de discussões, o Senado Federal decide, hoje, o futuro do governo da presidente afastada, Dilma Rousseff (PT). Com a improvável reversão do cenário majoritariamente favorável à saída definitiva da petista, os senadores devem selar seu destino político em votação com desfecho previsto até a tarde.


ACOPIARA TEM 53.358 HABITANTES, DIZ NOVA ESTIMATIVA DO IBGE


Uma nova estimativa divulgada na manhã desta terça-feira,30 , pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indica que a população de Acopiara situado na região centro sul do Ceará e atualmente 53.358 habitantes já a vizinha cidade de Iguatu possui atualmente 102.013 habitantes é a nona cidade mais populosa do Ceará ficando atrás apenas de Fortaleza com 2.609.716; Caucaia com 358.164; Juazeiro do Norte com 268.248; Maracanaú com 223.188; Sobral com 203.682; Maranguape com 125.058; Itapipoca com 126.234 e Crato com 129.662.

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Sem acordo, greve da Uece está prestes a completar quatro meses

Professores das universidades estaduais do Ceará e representantes do Governo do Estado terminaram sem acordo a reunião que debatia o fim da greve dos docentes. Em 3 de setembro, a greve na Universidade Estadual do Ceará (UECE) completa 120 dias e da Universidade Vale do Acaraú (UVA), 110 dias.

Os professores não aceitam a proposta apresentada pelo Governo do Estado em 11 de agosto, que inclui redução de R$ 9 milhões no orçamento anual da UECE. Segundo o presidente do sindicato dos professores das universidades estaduais, Célio Coutinho, o corte vai gerar dívida de R$ 9 milhões na UECE.

"Em 2015 a UECE fechou o ano com dívida de R$ 3 milhões, com esse corte, a universidade acumula mais R$ 9 milhões em 2016. Isso vai prejudicar pesquisas, restaurante, infraestrutura", diz Coutinho.

Os professores reivindicam também reajuste salarial de 12,67%. O presidente afirma ainda que a categoria ainda não recebeu o reajuste salarial que deveria ser aplicado desde 1º de janeiro deste ano.
Fonte: G1

JUCÁS: FUGA DE PRESOS

No dia 29/08/2016, por volta das 08h00min, a Polícia Militar tomou conhecimento por meio do agente penitenciário da Cadeia Pública de Jucás-CE de que 05 (cinco) detentos da citada cadeia haviam fugido por um buraco feito por eles na parede que dá acesso aos fundos da prisão. Os fugitivos são: ANTÔNIO IVANILDO JANUÁRIO DA SILVA, artigo 155; ANTÔNIO CÍCERO HERLÂNDIO LINO, quebra de regime; EMERSON DE SOUSA PEREIRA, artigo 155; ANTÔNIO VANDIR ISIDÓRIO, artigo 155; e FRANCISCO DAS CHAGAS SOUSA MOTA, mandado de prisão preventiva. De imediato a VTR 10011 saiu em diligências no intuito de recapturar os fugitivos, mas até o momento sem êxito.

Fonte: 10º BPM de Iguatu

CEDRO: SUICÍDIO POR ENFORCAMENTO

No dia 29/08/2016, por volta de 09h30min, fomos acionados via 190 por populares, que relataram de que no bairro Divisão, nesta cidade, havia ocorrido um suicídio por enforcamento. De imediato a VTR  da Polícia Militar seguiu para o local  informado, onde constatou-se a veracidade do fato. O sr. Manoel Vilson de Lima relatou que sua esposa Francisca Elizangela de Oliveira Lima, 33 anos, passava por problemas de depressão, e hoje ao retornar com os filhos da escola a encontrou  no alpendre atrás da cozinha enforcada com uma corda, o mesmo cortou a corda, mas a vítima  já se encontrava sem vida. Foi acionada a Perícia Médica Forense que fez a condução do corpo ao IML do Iguatu para as medidas cabíveis.

Fonte: 10º BPM de Iguatu 

Pai mata o filho e se suicida em fórum de São Paulo


 O motoboy Carlos Ti On Martins Kon, de 41 anos, matou o filho e cometeu suicídio na manhã desta segunda-feira, 29, no Fórum Trabalhista Ruy Barbosa, na Barra Funda, zona norte de São Paulo, segundo a polícia. Kon abraçou o filho, Bryan, de 4 anos, e se jogou do alto do prédio. Os corpos foram encontrados no saguão no prédio por volta das 10h50.

Kon tinha um bilhete no bolso com número de telefone de familiares e a informação de que a criança era filho dele. O bilhete também dizia: "às vezes tem um suicida na sua frente e você não vê". O motoboy ainda teria ligado para uma amiga se despedindo e avisando que se mataria.

Kon sofreu uma fratura no braço direito e o braço esquerdo foi amputado. A criança teve fratura craniana. Os dois morreram na hora.

Aos policiais, os irmãos de Kon disseram que ele estava desempregado e passava por problemas financeiros, mas era muito apegado ao filho. Bryan é fruto do segundo casamento de Kon. O motoboy tinha uma relação conturbada com a ex-mulher, segundo os familiares.

Kon não tinha audiência no Fórum Trabalhista nesta segunda, o que faz a polícia acreditar que o homicídio e suicídio foram premeditados. O caso é investigado pelo 23º DP (Perdizes). O expediente do tribunal foi suspenso e só será retomado nesta terça.

Fonte: Agência Estado

Segunda-feira de terror: violência deixa 15 pessoas assassinadas em apenas 24 horas

Ao menos, 15 pessoas foram assassinadas nas últimas 24 horas no Ceará. O Estado registrou uma segunda-feira (29)  marcada pela violência armada.  Na Capital, foram sete homicídios ocorreram nos bairros Siqueira (2 casos), Jardim Jatobá, Conjunto Palmeiras, Vila Manuel Sátiro, João XXIII e Aerolândia, confirmando o retorno das altas taxas de execuções sumárias após o fim de uma trégua imposta pelas facções criminosas.
Na Região Metropolitana, mais dois crimes, ambos em Maracanaú, sendo um deles no bairro Parque Jari e outro no Conjunto Jardim Bandeirantes.
No Interior do Estado, foram seis homicídios nos seguintes Municípios: Tabuleiro do Norte, Morada Nova, Quixeré, Paracuru, Camocim e Missão Velha.
Gangues
No limite entre Fortaleza e Maracanaú foi aconteceu uma sequência de mortes. Três pessoas acabaram assassinadas, na tarde de ontem, durante um “acerto de contas” entre gangues. Os crimes ocorreram no Parque Jari (em Maracanaú), Jardim Jatobá e no Siqueira, em Fortaleza. A Polícia conseguiu identificar dois dos mortos como sendo Valdomiro  Vieira de Sousa e Cícero Regislânio Nascimento dos Santos.
Segundo o Comando do 14º BPM, além dos três mortos, duas pessoas foram baleadas, uma delas identificada apenas por Dayane, adolescente. Conforme o tenente-coronel PM Océlio Alves, do 14º BPM (Maracanaú), o crime envolve uma rixa entre traficantes de drogas.
Ainda na Capital e Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) foi acionada e enviou equipes para mais cinco locais de crimes, no Siqueira (Rua Siqueira Campos), Conjunto Palmeiras, Aerolândia (Rua Capitão Vasconcelos), Vila Manoel Sátiro (Rua Padre Rodolfo) e João XXIII (Rua Porto Velho).
Veja a cronologia dos assassinatos:
GRANDE FORTALEZA (Capital e Região Metropolitana de Fortaleza):
1- (09:27) – Homicídio à bala na Rua Siqueira Campos (Siqueira)
2 – (14:12) – Achado de cadáver/homicídio no Conjunto Palmeiras (Messejana)
3 - 4 - 5 – (15:30) – Homicídios à bala em série (3 mortos) no Parque Jari/Maracanaú, Jardim Jatobá (Rua Irineu Machado) e Siqueira (Rua Barros de Carvalho)
6 – (20:40) – Homicídio à bala no Beco do Flamengo/Rua Capitão Vasconcelos (Aerolândia)
7 – (22:30) – Homicídio à bala na Rua Porto Velho (João XXIII)
8 – (23:12) – Homicídio à bala no Conjunto Jardim Bandeirantes (Maracanaú)
9 – (00:25) – Homicídio a golpes de faca na Rua Padre Rodolfo (Vila Manoel Sátiro)
INTERIOR DO ESTADO
10 – (8:00) – Homicídio à  bala na localidade de Cajuzeiros (Tabuleiro do Norte)
11 – (9:00) – Achado de cadáver/homicídio à bala (Morada Nova)
12 – (17:40) – Homicídio à bala no Sítio Tomé (Quixeré)
13 – (21:10) – Homicídio à bala (Camocim)
14 - (23:20) – Homicídio à bala (Paracuru)
15 – (00:25) – Homicídio à bala (Missão Velha)

Brasil tem mais de 206 milhões de habitantes, segundo o IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou nesta terça-feira (30), no "Diário Oficial da União", a estimativa da população brasileira, na qual aponta que o Brasil tem 206.081.432 habitantes. Em agosto de 2015, o mesmo levantamento estimou a população, à época, em 204.450.649.

O estado de São Paulo é o mais populoso, com 44.749.699. O estado com a menor população é Roraima, que tem 514.229 habitantes.

Veja abaixo a população de cada estado e do Distrito Federal, segundo o IBGE:

Rondônia: 1.787.279
Acre: 816.687
Amazonas: 4.001.667
Roraima: 514.229
Pará: 8.272.724
Amapá: 782.295
Tocantins: 1.532.902
Maranhão: 6.954.036
Piauí: 3.212.180
Ceará: 8.963.663
Rio Grande do Norte: 3.474.998
Paraíba: 3.999.415
Pernambuco: 9.410.336
Alagoas: 3.358.963
Sergipe: 2.265.779
Bahia: 15.276.566
Minas Gerais: 20.997.560
Espírito Santo: 3.973.697
Rio de Janeiro: 16.635.996
São Paulo: 44.749.699
Paraná:  11.242.720
Santa Catarina: 6.910.553
Rio Grande do Sul: 11.286.500
Mato Grosso do Sul: 2.682.386
Mato Grosso: 3.305.531
Goiás: 6.695.855
Distrito Federal: 2.977.216

Fonte: G1

Mais de 1 milhão ainda não sacou abono salarial; prazo acaba amanhã

Mais de 1 milhão de pessoas ainda não sacaram os R$ 880 de abono salarial referente a 2014, segundo o Ministério do Trabalho. O prazo para receber o benefício termina amanhã (31). Após o fim do prazo, os recursos voltam para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e o trabalhador perde o direito ao dinheiro.

O governo já prorrogou o prazo uma vez e não deve ser estendido novamente, segundo o ministério. Originalmente, o saque do abono salarial deveria ser feito até 30 de junho, mas o governo abriu um novo período para saque, entre 28 de julho e 31 de agosto.

A recomendação é não deixar para o último dia, segundo o coordenador geral de Seguro-Desemprego, Abono Salarial e Identificação Profissional do Ministério do Trabalho, Márcio Borges. "Sugiro aos trabalhadores que verifiquem em sua carteira de trabalho se eles têm direito ao abono e, se tiverem dúvidas, procurarem os canais de comunicação sobre o abono salarial e se informarem."

Como saber se tenho direito?

Para saber se tem direito ao abono salarial, é possível consultar o site do ministério. O sistema está disponível na página: http://zip.net/bgtp0v (endereço encurtado e seguro).

Também é possível fazer a consulta pelos telefones 158, 0800-7260207 (Caixa) e 0800-7290001 (Banco do Brasil), ou nas agências bancárias.

É necessário informar o número do CPF ou do PIS/Pasep e a data de nascimento. Servidores públicos recebem pelo Banco do Brasil. Funcionários de empresas privadas recebem na Caixa Econômica Federal.

Lista mostra quem ainda não sacou

O ministério divulgou uma lista com os nomes dos trabalhadores que têm direito ao abono, mas ainda não sacaram o benefício.

Para consultar a lista é preciso abrir a página do ministério por meio do sitehttp://zip.net/bmtrwf (endereço encurtado e seguro) e clicar no seu Estado. Em seguida, basta baixar o aquivo com os nomes.

No caso de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo, as listas estão separadas por municípios e organizadas em ordem alfabética. Para consultar se o seu nome consta na lista dos que ainda não sacaram o abono, é preciso clicar na letra correspondente à cidade onde mora. Por exemplo, no Estado de São Paulo, quem mora em Campinas deve clicar na letra "C".

Usuários têm relatado dificuldade para acessar os documentos. A reportagem fez o teste e também enfrentou dificuldades no acesso. O ministério afirmou que os arquivos são pesados, e isso pode causar lentidão na hora de fazer a consulta, e que o grande número de acessos deixou o site instável.

Fonte: UOL

Em fala final, Dilma pede voto consciente de senadores

Em sua última fala durante a sabatina do processo do impeachment no Senado, a presidenta afastada Dilma Rousseff pediu para que os senadores votem com “consciência”. A petista voltou a afirmar que não cometeu crime de responsabilidade e que, caso venha a perder o cargo, o país terá uma ferida “difícil de ser curada”. A sessão, encerrada um pouco antes da meia-noite, será retomada nesta terça-feira (30), às 10 horas.
“Não é possível supor que quando se faz exceções e se tira um presidente eleito, sem crime de responsabilidade, este ferimento será muito difícil de ser curado. Por isso eu peço aos senhores e senhoras senadores que tenham consciência na hora de avaliar esse processo”, disse.
Dilma falou, após o seu advogado de defesa, José Eduardo Cadorzo, que abdicou de fazer questionamentos à presidente que começou agradecendo a atenção dispensada pelos senadores e dizendo que a disputa política é normal, mas que o processo de impeachment não faz bem para o processo democrático brasileiro. “Tentar inventar crimes de responsabilidade onde não existe e tentar transformar o Orçamento, a execução do gasto público em um espaço de disputa ideológica que não tem consequência para o bem do país, acredito que temos maturidade suficiente para superar esse processo que não faz bem para o país”, disse.
A acusação diz que ela cometeu crime de responsabilidade ao editar três decretos de suplementação orçamentária sem autorização do Congresso e no atraso do pagamento de repasses do Banco do Brasil para programas do agronegócio e da agricultura familiar, oriundos do Plano Safra, as chamadas pedalas fiscais.
Maturidade
Dilma disse que é preciso haver compreensão a respeito da situação econômica que o país vive e que o país precisa ter maturidade para buscar uma saída para a crise independente da orientação partidária. “A maturidade de não inventar problemas onde não existem e enfrentar onde eles existem”, disse.
Antes, a petista respondeu a perguntas da acusação e voltou a afirmar que não cometeu crime de responsabilidade e que a edição dos decretos não comprometeu a meta fiscal. Ela disse ainda que os repasses do Plano Safra não configuraram empréstimos, o que é vedado pela Lei de Responsabilidade Fiscal.
Luta pela democracia
Dilma chegou ao Senado por volta das 9 horas. Logo após subiu na tribuna e fez um discurso que durou cerca de 45 minutos. Nele Dilma disse que não estava lutando por seu mandato, mas pela “democracia, verdade e justiça”. Ela disse que, caso o impeachment venha a ser aprovado, será um golpe parlamentar. “Estamos a um passo da consumação de uma grave ruptura institucional, estamos próximos da concretização de um verdadeiro golpe de estado”, disse.
A presidenta afastada também contestou o argumento de que estaria perdendo o cargo pelo “conjunto da obra” de seu governo. “Não é legítimo. Quem afasta o presidente por conjunto da obra é o povo, e só o povo, nas eleições”.
Dilma chamou de “usurpador” o governo do presidente em exercício Michel Temer e afirmou que, caso ele se torne definitivo, será fruto de uma “eleição indireta”.
No encerramento, a presidente afastada pediu votos aos senadores. “Não aceitem um golpe que, em vez de solucionar, agravará a crise brasileira. Peço que façam justiça a uma presidente honesta que jamais cometeu qualquer ato ilegal na vida pessoal ou nas funções públicas que exerceu.”
Sabatina
No total, 48 senadores se manifestaram com questionamentos ou com manifestações contrárias ou de apoio a Dilma. A sessão de sabatina durou pouco mais de 12 horas.
Na avaliação dos seus apoiadores, Dilma se saiu bem e conseguiu demonstrar que não cometeu crime de responsabilidade. “Acho que o dia foi muito positivo, a presidenta foi muito firme, respondeu a todas as perguntas, mostrou que conhece o Brasil e seus problemas, desconstruiu a tese de crime de responsabilidade em relação aos decretos, às pedaladas. Foi altiva”, disse a senadora. Gleisi Hoffmann (PT-PR).
A senadora acredita ser possível convencer alguns senadores que disseram estar em dúvidas a votar a favor de Dilma. “Eu acredito que os senadores que estavam em dúvida e que ainda não tinham manifestado seu voto tem condições de manifestar seu voto contra o impeachment. Ficou mais do que provado, não só aqui dentro do Senado, mas para a sociedade brasileira, que esse processo não é um processo legítimo; é um golpe. Amanhã a gente espera ter uma boa surpresa”, disse.
O líder do governo, senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), também avaliou que Dilma teve um bom desempenho, “sustentou com coragem seus pontos de vista”. Favorável ao impeachment, o tucano disse estar convencido de que houve crime de responsabilidade. Ele disse ainda que não acredita na possibilidade de reversão de votos para a petista. O governo trabalha com um placar de 60 votos favoráveis ao afastamento definitivo. “Na minha opinião está caracterizado só crimes de responsabilidade. Acho que a convicção dos senadores já está formada e, portanto, praticamente nada vai ser alterado”, disse.
Debates e votação
Amanhã, estão previstos os debates envolvendo a acusação e a defesa, que poderão fazer uso da palavra por uma hora e meia cada. Ainda poderá haver réplica e tréplica de uma hora para cada parte.
Depois do debate, serão chamados os senadores inscritos, um a um, para discursarem sobre o objeto da acusação, por até dez minutos improrrogáveis. Mais de 60 senadores já se inscreveram. Após os discursos, o presidente do processo de impeachment, ministro Ricardo Lewandowski, deve apresentar um relatório resumido dos fundamentos da acusação e da defesa.
Na sequência, ocorrerá a votação. Com isso, há a possibilidade que o desfecho do impeachment possa entrar pela madrugada de quarta-feira (31), com a votação final dos 81 senadores para condenar ou absolver Dilma. Para a saída definitiva, são necessários os votos de, no mínimo, 54 senadores.
Fonte: Agência Brasil

William Bonner e Fátima Bernardes se separam após 26 anos

Os jornalistas Wiliam Bonner e Fátima Bernardes anunciaram na noite desta segunda-feira que estão se separando, após 26 anos de casamento. Em uma série de mensagens idênticas publicadas nos perfis de ambos no Twitter, eles afirmam que continuam “amigos, admiradores do trabalho um do outro e pais orgulhosos de três jovens incríveis”.

Rumores de que o casamento de Bonner e Fátima não ia bem circulam desde o começo do ano, mas o âncora do Jornal Nacional e a apresentadora do Encontro nunca comentaram o assunto. Os dois têm três filhos juntos, os trigêmeos Vinícius, Laura e Beatriz, de 18 anos.

O casal de jornalistas dividiu a bancada do jornal Nacional até dezembro de 2011, quando Fátima saiu do jornalístico para migrar para o entretenimento da Globo. Em junho do ano seguinte, Fátima estreou o Encontro, programa matinal da emissora. Bonner e Fátima trabalharam juntos no JN por treze anos.
Confira as mensagens publicadas pelo casal: